Noticias

SANTANA DO ARAGUAIA: Justiça condena pai que estuprou e matou filha de 14 dias de vida a 27 anos de prisão

Crime ocorreu em Santana do Araguaia, Pará. O culpado está preso desde janeiro, quando foi denunciado.

Homem foi condenado a 27 anos de prisão. Foto: Ilustrativa/divulgação.

Nesta quinta-feira (03), o Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJEPA) condenou Cleiton Ramos França a 27 anos de prisão em regime fechado por estupro de vulnerável com resultado morte cometido contra a própria filha de apenas 14 dias de idade. O crime ocorreu em janeiro de 2020 e o homem está preso provisoriamente desde 12/01/2020 quando foi denunciado.

Segundo relatos do processo, a vítima chegou ao hospital já com fortes dificuldades respiratórias, acompanhada do pais, e não resistiu. Quando a equipe médica realizou os exames de praxe após o falecimento foram constatados sinais de estupro. Na época, o homem foi preso em flagrante.

A realização de perícia no aparelho celular do acusado constatou a busca de vídeos de conteúdo adulto do tipo do tipo “sexo caseiro com novinhas” e que ele viu esses vídeos no mesmo dia do falecimento da vítima, o que o apontou como autor do crime. Durante os 14 dias de vida da vítima, somente o pai e o irmão de 8 anos de idade tiveram contato com o bebê. A materialidade do delito foi consubstanciada no laudo cadavérico. (Karyne Cruz, da Redação)

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo