AtualidadesCidadesNoticiasRedençãoSaúde

Redenção vai realizar cavalgada para a construção do Hospital de Amor de Tocantins

A festa, em prol da vida, foi batizada de Cavalgada do Amor e já está recebendo apoio maciço

A ação voluntaria de realizar a primeira cavalgada em prol da construção de um Hospital de Amor em Palmas (TO) – com funcionamento e atendimento semelhante ao Hospital do Amor de Barretos (SP) – partiu do radialista Júlio Cezar e do pecuarista João Cowboy. O evento será realizado em 7 de abril, no Parque de Exposições Agropecuárias de Redenção. “Vamos realizar a 1ª cavalgada e ela vai seguir a mesma dinâmica da cavalgada da Expo. Todas as comitivas foram convidadas e muitas delas já adquiriram suas camisetas, que custam apenas R$ 40,00. Todo o dinheiro arrecadado será destinado para construção do Hospital de Amor em Palmas”, afirmou o pecuarista João Cowboy.

Na oportunidade o coordenador voluntário do Hospital de Amor de Barretos, Nilton Cezar, parabenizou a iniciativa do pecuarista e do comunicador: “Sem dúvida, esta é a primeira cavalgada do Norte e Nordeste em prol da construção do Hospital de Amor de em Palmas. E é a primeira de muitos eventos que virão, quero parabenizar os meninos que estão organizando e convidar toda a população redencense para comprar suas camisetas, para participar deste grande evento”.
Ainda segundo os organizadores da Cavalgada do Amor, só participarão as pessoas que estiverem vestidas com a camiseta, com exceção das rainhas das comitivas.

As camisetas estão disponíveis nos principais pontos de vendas da cidade tais como: Ivanilde Turismo, Supermercado Flamboyant, Valdo Agropecuário, Supermercado Potência, Miranda Moto Braz e Panificadora Dona Deja.
Segundo os organizadores, a expectativa era vender 400 camisetas até o dia da cavalgada, porém, até a data de ontem, mais de 500 camisetas haviam sido vendidas.
Mesmo diante ao sucesso absoluto já garantido nas vendas das camisas, Nilton Cezar reforçou o convite à população redencense. “Quero aproveitar a oportunidade para convidar todos a adquirem suas camisetas, por apenas R$ 40,00. Você, estará ajudando a salvar vidas, pois todo o dinheiro será destinado para a construção do Hospital de Amor em Palmas”.

A chegada de um novo hospital no Estado do Tocantins vai diminuir as dificuldades enfrentadas por pacientes que saem para fazer tratamento no Estado de São Paulo. “O paciente que faz tratamento de câncer em Barretos leva mais de 30 horas de Redenção até a cidade paulista. Durante esse tempo que o paciente fica na estrada, dentro desses ônibus, no mesmo ambiente com mais de 35 pessoas, pode adquirir uma virose ou até mesmo uma bactéria que pode comprometer o tratamento dele em Barretos. Nos já tivemos paciente de Redenção que chegou lá debilitado e teve de passar por tratamento até se recuperar e então voltar a Redenção”, alertou o coordenador.
Sobre o Hospital do Amor de Barretos

O hoje Hospital do Amor de Barretos – Antigo Hospital do Câncer de Barretos – atende gratuitamente, por dia, 6 mil pacientes de todo o País, acometidas de câncer. São consultas, exames, aplicações de quimioterapia, radioterapia e outros procedimentos.
O custo mensal da casa de saúde para realizar todo esse atendimento é de R$ 37 milhões mensais. Porém, o SUS (Sistema Único de Saúde) repassa apenas R$ 15 milhões. Logo o déficit mensal é de R$ 22 milhões. E é por isso que qualquer ajuda é importante.

Um paciente com câncer inicial custa ao HA, R$ 10 mil mensais, mas, se o câncer já está avançado, o desembolso é de R$ 160 mil, conforme revelou o presidente do hospital, Henrique Prata, em entrevista recente à Revista Veja.
Segundo ele, a instituição também mantém hoje espalhadas pelo País 22 unidades móveis, que ajudam no diagnóstico e na prevenção da doença – principalmente o câncer ginecológico – o que fez com que diminuísse de 70% para 2% o número de pacientes que chegam com a doença já em estado avançado em Barretos.

Assim, o hospital recebe doações de duplas sertanejas, outros cantores, artistas de TV, da Festa de Peão de Barretos, de leilões de gado realizados em todo o País e de voluntários do Brasil inteiro.
Atualmente, o Hospital do Amor de Barretos atende a 861 pacientes, de 71 municípios do Pará, inclusive de Redenção, Marabá e Parauapebas.
Zé Dudu

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar