Canaã dos CarajásCidadesPolitica

Governo garante R$ 60 milhões para pavimentar a TransCarajás

A conclusão do projeto de pavimentação da Rodovia TransCarajás, uma antiga demanda da região sudeste do Estado, sairá do papel assim que passar o período chuvoso. No município de Canaã dos Carajás, na tarde do último sábado (30), o governador Helder Barbalho anunciou a autorização para a Secretaria de Estado de Transportes (Setran) fazer a licitação da obra, que deve ter investimentos acima de R$ 60 milhões.
O governador, acompanhado de titulares de vários órgãos da administração estadual, está na região para cumprir uma vasta agenda de trabalho, dentro do Programa Governo por Todo o Pará.

Antes de chegar a Canaã dos Carajás, o governador se reuniu, em Belém, com representantes da Setran e da Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan), para autorizar a conclusão da pavimentação da TransCarajás.
Nessa primeira etapa, o investimento será de R$ 64 milhões em um trecho de 45 quilômetros, entre a entrada do município e o KM 70, encurtando o tempo de acesso aos municípios de Parauapebas, Xinguara e Sapucaia, e à Rodovia BR-155, que leva ao Estado do Tocantins. Helder Barbalho frisou que a obra é estratégica e prioritária para a região.

“Integrando os estados, garantimos o escoamento da produção e o desenvolvimento. Integrar, viabilizar vocações e o encurtamento de caminhos para as pessoas será o fator determinante para investimentos”, reforçou o governador, confirmando que o processo já está em andamento, e que a chegada do período de estiagem no Estado deverá acelerar ainda mais as ações necessárias para o início das obras.

MAIS OBRAS: O chefe do Executivo anunciou ainda a retomada das obras de reforma da Escola Estadual Irmã Laura de Martins Carvalho e, futuramente, a construção de uma nova unidade educacional.
Também durante a programação foi confirmado um compromisso de cooperação entre a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e a Secretaria Municipal de Agricultura de Canaã, com objetivo de fortalecer a atuação dos produtores e do agronegócio.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar