NoticiasPolitica

Governo entrega mais de 300 títulos de terra a produtores de sete municípios do sul e sudeste

No auditório lotado do Carajás Centro de Convenções e Eventos, o governador Helder Barbalho ressaltou a importância da regularização fundiária para pequenos agricultores

O governador Helder Barbalho cumpriu na última sexta-feira (22), agenda de trabalho no município de Marabá, na região de Carajás, no estado do Pará, onde participou da solenidade de entrega de 312 títulos de terra a produtores rurais dos municípios de Rondon do Pará, Parauapebas, Goianésia do Pará, Eldorado do Carajás, Breu Branco, Bom Jesus do Tocantins e Abel Figueiredo, no auditório do Carajás Centro de Convenções e Eventos
.
Antes da solenidade, diante de milhares de pessoas, o chefe do Executivo – junto com o vice-governador Lúcio Vale, o superintendente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma AgrO governador Helder Barbalho em companhia do vice-governador Lúcio Vale; do presidente da Alepa, Daniel Santos, outras autoridades e produtores rurais beneficiados pela titulação de terrasária (Incra), Valciney Ferreira, e o presidente do Instituto de Terras do Pará, Bruno Kono – assinou o Termo de Cooperação Técnica entre o Incra e o Iterpa, visando ao desenvolvimento de ações de compartilhamento de informações, reconhecimento de projetos de assentamento e regularização de áreas de interesses dos dois Institutos.

O governador Helder Barbalho em companhia do vice-governador Lúcio Vale; do presidente da Alepa, Daniel Santos, outras autoridades e produtores rurais beneficiados pela titulação de terras

O governador entregou 312 títulos de terra a produtores rurais de sete municípios da região. “A partir da regularização fundiária, pequenos agricultores podem ter acesso ao crédito, e passamos com essa iniciativa a fazer a pacificação no campo, garantindo com que a atividade rural deste Estado, compatibilizada com a sustentabilidade, de forma a preservar o meio ambiente, possa produzir e estimular a renda da população que trabalha no campo”, declarou.

A regularização fundiária é uma demanda frequente de ocupantes de áreas de jurisdição estadual em várias regiões do Pará. Com a titulação, o governo garante segurança jurídica, após processo conduzido pelo Iterpa para a titulação individual definitiva das terras nos sete municípios. Com o documento, os produtores poderão avançar nos investimentos em suas propriedades, com acesso a linhas de crédito e ao licenciamento ambiental.
Com informações de William Serique

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar