CidadesConceição do AraguaiaNoticiasPolitica

CONCEIÇÃO DO ARAGUAIA: Ministério Público e prefeitura discutem criação de núcleo de proteção a mulheres

Promotor de Justiça Alfredo Amorim explicou a proposta de criação do núcleo

Com a inauguração da nova sede do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) em Conceição do Araguaia, na manhã da última quinta-feira (21), a cidade deve ganhar, nos próximos meses, um centro para atendimento de mulheres vítimas de violência doméstica. O anúncio foi feito pelo procurador-geral de Justiça do Pará, Gilberto Martins, durante a solenidade de entrega das novas instalações da instituição no município.
Segundo explicou o procurador-geral, o MPPA pretende disponibilizar à prefeitura municipal o antigo imóvel que sediava a Promotoria de Justiça de Conceição do Araguaia para que abrigue um núcleo de atendimento a mulheres vítimas de violência doméstica. “A Procuradoria-Geral de Justiça vai submeter esta proposta ao Colégio de Procuradores de Justiça para que possamos fazer a cessão do imóvel à prefeitura”, detalhou Gilberto Martins.
A ideia de ceder a antiga sede do MPPA à prefeitura de Conceição do Araguaia partiu dos promotores de Justiça lotados na cidade. “A ideia é que o imóvel passe por reforma e abrigue a delegacia da mulher, uma secretaria municipal da mulher e um abrigo para prestar atendimento às vítimas de violência, permitindo a oferta de um ciclo de serviços para proteger as mulheres do município”, explicou o promotor de Justiça Alfredo Amorim, titular da promotoria local.
O prefeito municipal de Conceição do Araguaia, Jair Martins, presenciou o anúncio e disse que a prefeitura já possui recursos para a implantação do núcleo e que vai realizar estudos orçamentários para viabilizar a manutenção do centro de proteção.
“Acredito que o Colégio de Procuradores de Justiça terá a sensibilidade de encampar esta ideia para colaborarmos com a promoção de políticas públicas voltadas às mulheres de Conceição do Araguaia”, finalizou o procurador-geral de Justiça, Gilberto Martins.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar