CidadesNoticiasPolíciaTucumã

TUCUMÃ: Jovem quase mata o outro a facão, mas diz que foi em legítima defesa

Policial civil conduz um dos presos

Fabiano Sousa de Jesus, de 25 anos, foi preso em Tucumã neste domingo,15, na casa de sua mãe dele. Embora quase tivesse matado Lidin Emanuel Silva Moura a golpes de facão, ele alega legítima defesa. Mas, na Unidade Integrada de Polícia (UIP), foi autuado por tentativa de homicídio.

De Jesus estava se divertindo em um bar na Rua Cereja, no Residencial Vale das Rosas, onde jogava sinuca e tomava cachaça, no último sábado (14), quando Lidin, em meio a uma discussão, o atacou com um taco. Diante da agressão, ele reagiu aplicando golpes de facão no desafeto, mas, por pouco não mata Moura, que teve de ser socorrido Samu.

Levado a hospital da cidade, ele recebeu os primeiros cuidados, mas teve de ser transferido ao Hospital Regional de Redenção. Devido à gravidade dos cortes, o homem teve de passar por cirurgia e não corre mais perigo de morte.

Ouvido pela Reportagem, Fabiano de Jesus sustentou a história de legitima defesa. Contou que, em meio a uma discussão, Lidin lhe aplicou várias pancadas com um taco de sinuca.
Transtornado, correu para a casa da mãe dele, em frente ao bar, e armou-se de facão e voltou para se vingar de Lidin, acertando-lhe golpes em várias partes do corpo, braço, costela e até no queixo do homem.

“Eu não queria matar, mas, no meio da confusão, o senhor sabe, a raiva sobe para a mente e a gente perde o controle”, tentou explica ele ao repórter.
Fabiano disse ainda que é trabalhador, mora na roça, nunca teve passagens pela polícia e nunca matou ninguém. Mesmo assim foi autuado por tentativa de homicídio e está à disposição da Justiça. Jucelino Show

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar