CidadesNoticiasPolíciaRio Maria

RIO MARIA: Polícia prende suspeitos de envolvimento no roubo a banco

Policiais encontraram em poder dos suspeitos três fuzis, coletes balísticos, munição e mais de 50 quilos de explosivos

Durante a fuga os suspeitos bateram em um carro Golf no centro de Redenção

A Polícia Civil do Pará prendeu, na última segunda-feira (25), Rodrigo Costa da Umgria, de apelido “Neguinho Metralha”, e Francisco Alves dos Santos, conhecido por “Chicó”, envolvidos no assalto a banco ocorrido no último dia 18, em Rio Maria, sul do Pará. As prisões foram realizadas, em Redenção, por policiais civis da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos e Antissequestro (DRRBA) da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI) de Redenção e da Superintendência Regional do Araguaia Paraense.

 

Neguinho Metralha é apontado como um dos principais articuladores de ações criminosas de “vapor” na região

As equipes policiais localizaram e prenderam os integrantes do grupo criminoso que praticou o assalto na modalidade “vapor” ou “novo cangaço” contra a agência bancária. O primeiro preso foNeguinho Metralha é apontado como um dos principais articuladores de ações criminosas de “vapor” na regiãoi Rodrigo Umgria, abordado no momento em que conduzia um veículo modelo Oroch, cor prata, com mais dois ocupantes. A abordagem ocorreu em Redenção. Ao se deparar com os policiais, o condutor acelerou o carro e tentou fugir. Durante a fuga, os suspeitos bateram em um carro Golf no centro da cidade.

Após o acidente, Rodrigo foi preso e os outros dois envolvidos conseguiram fugir. “Neguinho Metralha” é apontado como um dos principais articuladores de ações criminosas de “vapor” na região. No decorrer das investigações, as equipes policiais conseguiram efetuar a prisão de Francisco dos Santos. “Os dois criminosos estavam em uma casa abordada por equipes da DRCO, na última sexta-feira (22), quando conseguiram fugir para a mata”, explica TiagoFrancisco dos Santos é acusado de fazer parte da quadrilha Belieny, da DRRBA.

Francisco dos Santos é acusado de fazer parte da quadrilha

APREENSÃO: Nessa ocasião, os policiais encontraram na casa três fuzis, coletes balísticos, munição e mais de 50 quilos de explosivos. Um suspeito de envolvimento no assalto ao banco – Lucas Otávio Benjamim de Souza – foi preso e outro – Adriano Viana Guimarães – morreu após troca de tiros com os policiais civis. Rodrigo e Chicó têm mandados de prisão preventiva expedidos pela Justiça em São Félix do Xingu e em Rio Maria por envolvimentos em roubos a bancos. Dois membros do grupo, identificados como Anderson Ramires Souza Bastos e Talyson Michael do Nascimento Pereira, foram presos, na manhã do último dia 21, na cidade de Paraíso do Tocantins (TO). As investigações continuam para prender outros envolvidos com o bando. Com informações da Polícia Civil

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar