AcontecimentosCidadesNoticiasOurilândia

OURILÂNDIA DO NORTE: PA-279 segue interditada por garimpeiros

Segundo os manifestantes, o protesto não tem hora para acabar

A manifestação dos garimpeiros de Ourilândia do Norte, no sul do Pará, continua com força total. O protesto começou no início da tarde da última segunda-feira (28), e não tem hora para acabar, segundo os manifestantes. “O que nós queremos agora é falar com o Bolsonaro, pois, ele nos deu uma esperança e agora queremos que ele cumpra a promessa que ele nos fez. Somos uma classe trabalhadora que está gritando para se trabalhar legalizado e nada é feito? Isso não é justo. Ele, enquanto presidente, precisa olhar para nós, a classe trabalhadora”, ressalta um dos organizadores do movimento.

Ao todo, mais de seis municípios estão mobilizados em apoio a manifestação dos garimpeiros de Ourilândia do
Norte, são eles: Alto Iriri, São Félix do Xingu, Água Azul do Norte, Xinguara, Ourilândia, Tucumã e Rio Maria.
Ainda de acordo com os manifestantes, mais de 10 mil garimpeiros já passaram pelo local do protesto em apoio à manifestação que, segundo os líderes do movimento, não tem dia para acabar. “Nós não queremos ir até
Brasília e falar com dois ministros e ver nossa pauta ficar somente na promessa, queremos ir e sermos ouvidos pelo presidente, que é quem tem o verdadeiro poder de decisão”, conclui.

A rodovia PA-279 chegou a ser liberada na manhã de quarta-feira (30), das 8h às 9h (30 minutos para cada lado). “Estamos liberando de 12 em 12 horas, exceto para casos excepcionais, como ambulâncias e veículos que precisem passar por situações de urgência, fora isso, a via fica fechada”, finaliza. (Com informações do Fato Regional)

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar