Esportes

Mangueirão vai passar por reforma em 2020, diz governador

Setor de cadeiras do estádio será ampliado para compensar perda de lugares na arquibancada

O Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, vai ser reformado. A informação foi divulgada pelo governador Helder Barbalho durante o lançamento oficial do Campeonato Paraense 2020. O projeto está previsto para ser apresentado pela Secretaria de Obras e pelo governo no dia 21 de janeiro.

“Nós estamos concluindo o prazo que a Secretaria de Obras tem. Até o dia 21 de janeiro tem que apresentar o projeto. Ontem (quarta-feira) eu tive acesso inicial do que está sendo consolidado. A intenção é que no dia 21 a gente possa chamar os clubes, a Federação Paraense de Futebol e a imprensa para discutir o projeto. A intenção é que possamos adequar o Mangueirão a demanda e preparar o estádio para que esteja à altura das exigências que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) faz. Claro levar em consideração a perspectiva imediata de que nossos clubes possam voltar para a Série B e a partir daí projetar um retorno dos clubes paraenses para a elite do futebol brasileiro”, afirmou.

O governador do Pará disse que o estádio não deve ser transformado em Arena. Isso porque o Estado não tem a intenção de retirar a pista de atletismo. No entanto, será feita uma obra para que esteja, de alguma forma, semelhante aos grandes estádios do Brasil.

“A questão Arena precisa se levar em conta que uma intervenção dessa natureza exigiria que as pistas de atletismo fossem retiradas. Acho isto um retrocesso. Não vamos caminhar neste sentido. Mas a intenção é que dentro dos aconselhamentos feitos pela CBF possamos duplicar as rampas para permitir a evacuação do estádio em segurança, lembrando que o protocolo estabelece oito minutos de  saída e hoje as condições atuais são de 28 minutos, não estão adequadas ao padrão da CBF”, comentou.

Uma das novidades no novo Mangueirão será a colocação de assentos com encosto, o que vai diminuir o número de pessoas nas arquibancadas. Mas para compensar, informou Helder Barbalho, será feita a ampliação do setor de cadeiras do estádio.

“Devemos colocar assentos com encosto em todo o estádio, vai ter redução por isso, mas vamos ampliar a estrutura das cadeiras e aproximar até a margem da pista de atletismo e dar uma ambiente semelhante ao de Arena, com a torcida mais próxima ao gramado”, comentou o governador do Pará.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar