CoronavírusEducação

Maioria dos diretores afirma que professores não estão preparados para volta às aulas

Educadores temem falta de estrutura, defasagem de aprendizado e impactos emocionais

Os professores não estão preparados para a volta às aulas presenciais

A maioria dos diretores de escolas brasileiras avalia que os professores não estão preparados para a  volta às aulas presenciais, que foram interrompidas pela pandemia do novo coronavírus.

Para 57,6% dos diretores de escolas públicas e particulares, as equipes não estão prontas para retomar as atividades presenciais por causa da  infraestrutura das unidades, da defasagem de aprendizado pelo ensino remoto, da adaptação às novas regras de isolamento e dos impactos emocionais da quarentena.

Os dados são de pesquisa feita pela Nova Escola com 9.500 professores —367 deles gestores escolares — da educação básica (da educação infantil ao ensino médio) de todos os estados brasileiros.

Ainda com avanço de casos de coronavírus no país, os  estados estudam a retomada das aulas presenciais. Nenhum deles estabeleceu um prazo fixo, mas professores e pais dizem não sentir segurança para a volta. Pesquisa do instituto Datafolha mostrou que  76% da população acha que as escolas devem continuar fechadas  nos próximos dois meses.

(Folha de São Paulo)

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar