Acontecimentos
Tendência

SINDICATO RURAL DE REDENÇÃO: Pecuária Intensiva a pasto pode elevar produção para até 30 arrobas por hectare ao ano

Cláudio Barbosa, analista de transferência de tecnologia da Embrapa – Palmas e o Presidente do Sindicato Rural Walteir Rezende
Com o objetivo de melhorar a qualidade da produção bovina na região, o Sindicato Rural de Redenção sediou a realização de um ciclo de palestras sobre a Pecuária Intensiva a Pasto. O evento aconteceu na noite da última terça-feira (25) no auditório do Parque de Exposições Pantaleão Lourenço Ferreira e contou com a presença de produtores rurais da região.
Realizado pela Embrapa/Palmas com apoio da prefeitura de Redenção e Sindicato Rural, o evento trouxe conhecimentos que podem elevar a produção bovina de forma considerável. Segundo o palestrante Cláudio Barbosa, analista de transferência de tecnologia da Embrapa/Palmas, o objetivo é trazer aos produtores pecuaristas, tecnologia de produção intensiva de bovinos de corte a pasto.
Ele garante que a experiência que já deu certo no Tocantins pode elevar a produção convencional nacional que é de quatro arrobas por hectare ao ano para até 30 arrobas na mesma área e tempo. O novo sistema ainda permite a geração de dados por meio de planilhas indicando fielmente o custo operacional, rentabilidade e padronização de sistema.
A pecuária intensiva a pasto é desenvolvida adotando a produção vegetal, utilização correta de insumo, subdivisão, manejo rotacionado com piquetes menores, variação da taxa de lotação e recomendação técnica de suplementação.
O presidente do Sindicato Rural de Redenção, Walteir Rezende, durante a sua fala na abertura do evento, disse que no Sindicato almeja proporcionar a promoção da tecnologia para melhorar a produção bovina na região. “Quem não acompanhar a tecnologia, está parado no tempo, por isso estamos ajudando a realizar esta palestra e convocando nossos produtores a aderirem à tecnologia”, explicou. Para quem quer saber mais sobre Pecuária Intensiva a Pasto, deve procurar o Sindicato Rural de Redenção.
Lourivan Gomes / Redação

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar