Conceição do AraguaiaRio Maria

Rio Maria e Conceição do Araguaia estão entre os 100 municípios paraenses com violência reduzida

Um conjunto de medidas adotadas pelo Governo do Pará mostram êxito no combate à criminalidade em todas as regiões

A valorização dos agentes de segurança é outra estratégia implementada pelo Estado

O policiamento preventivo estratégico; a qualidade das perícias criminais realizadas, contribuindo para a elucidação célere de crimes de grande repercussão; os investimentos em tecnologia; a valorização dos agentes de segurança e a punição para aqueles que insistem em infringir as leis são algumas das medidas adotadas pelo sistema de segurança pública e defesa social do Pará desde 2019. O reflexo direito disso é a constante diminuição de vários tipos de crimes em todo o Estado.

Informações apresentadas na quarta-feira (26), pela Secretaria Adjunta de Inteligência e Análise Criminal (Siac), vinculada à Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), mostram a redução ou manutenção da diminuição dos Crimes Violentos Letais Intencionais, que envolvem casos de homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte, em 102 municípios paraenses, ao comparar o período de 1º de janeiro a 25 de fevereiro, dos anos de 2019 e 2020.

Entre os municípios onde a violência diminuiu, levando em consideração cada Região Integrada de Segurança Pública (Risp), estão: Belém (-51,49%), Ananindeua (- 62,50%), São Miguel do Guamá (- 100%), Salinópolis (- 83,33%), Ipixuna do Pará (- 87,71%), Afuá (-100%), Goianésia do Pará  (-66,67%), Palestina do Pará (- 100%), Altamira (- 61,54%), Conceição do Araguaia (- 100%) e Rio Maria (- 100%).

De acordo com o titular da Segup, Ualame Machado, no primeiro ano de gestão várias ações foram efetivadas, principalmente na Região Metropolitana de Belém, para que pudessem ser acompanhadas mais de perto e, após a comprovação da eficiência, ampliadas para o interior paraense. Essa é uma das metas para a gestão em 2020.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar