RedençãoSolidariedade

REDENÇÃO: Projeto de solidariedade ajuda famílias carentes em Redenção.

Projeto Força Jovem Redenção consegue atender em média 300 famílias carentes em bairros afastados do município.

 

Força Jovem mobiliza mais de 100 jovens para ação solidária.

Uma iniciativa de solidariedade pelas pessoas de Redenção foi uma atitude que Dhonatan Barbosa (25) teve. Criador do projeto FORÇA JOVEM REDENÇÃO, ele vem sempre buscando ajudar os bairros mais carentes da cidade. Este projeto está em vigor desde julho de 2019, iniciando com um grupo de dez pessoas, hoje, já contam com mais de 130 integrantes, todos com os mesmos ideais, ajudar o próximo.

Dhonthan Barbosa (25) criador do projeto Força Jovem Redenção, em ação solidária.

Dhonathan Barbosa afirma que o projeto teve inicio devido há vários pedidos de ajuda por pessoas que necessitam, pois Redenção ainda há uma quantidade grande de “pobreza” e muitos cidadãos da cidade não conhecem os bairros mais afastados. Foi atendido no momento em média 300 famílias, sendo um número ainda  pequeno para quantidade que necessitam de ajuda.

Em poucos meses, o projeto já exerceu várias atividades como:  Ajude alguém próximo de você; Alegria aos enfermos do Regional; Palestra Nutricional com arrecadação de alimentos; Natal sem fome; Doe roupas e Aulão voluntário, doe materiais escolar. O projeto já está com novas ações a serem executadas.

Força Jovem Redenção fazendo doação de cesta básica, projeto “Natal sem Fome”

O projeto no momento ainda não conta com apoio da rede pública, a ajuda e as doações vem de empresários da região e de pessoas voluntárias que se disponibilizam a abraçar a causa. O projeto já serve de espelho para algumas cidades vizinhas, como a Força Jovem Tucumã que vem buscando o mesmo propósito, que é ajudar os que necessitam.

Ação solidária do projeto Força Jovem Redenção.

É notório que o projeto ainda necessite de mais doações e voluntários, uma vez que a quantidade de famílias que necessitam de ajuda em Redenção ainda é grande. Atitudes como essa deve servir de incentivo a população a doar roupas, cestas básicas entre outros mantimentos, e também participar deste projeto.

(Júlia Mahraia/ da redação)

 

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar