Redenção

Prefeito de Redenção Marcelo Borges: “Tenho direito de ser candidato a prefeito e vou usar este direito”

 

“Tenho o direito de ser candidato a prefeito de Redenção evou usar este direito”. Declarou o prefeito Marcelo Borges.

Com a derrota de CADU na disputa interna do MDB, na terça-feira (08), abre-se caminho para que Marcelo Borges (PSD) seja candidato a prefeito.  A ideia inicial era que Cadu (Carlos Eduardo Teixeira) fosse dar continuidade aos passos de Carlo Iavé, porém com a escolha do MDB por Willian do Potência, que não possui a mesma unanimidade dentro do eleitorado do partido, começou-se a despontar novos nomes para cumprir a missão.

Marcelo Borges, prefeito de Redenção, colocou-se a disposição do seu partido para ser candidato às eleições 2020. Ele informou à nossa redação que está aguardando a vinda do líder do PSD, o Deputado Federal Joaquim Passarinho, no dia 15, ocasião em que será realizada a Convenção que escolherá o candidato municipal oficial do PSD. “Tenho o direito de ser candidato a prefeito de Redenção e pretendo usar deste direito”. Declarou o prefeito.

De fato, Marcelo já possui vários apoiadores no meio do povo, muitos destes são remanescentes da pré-campanha de Cadu. Assim que saiu a notícia de que Cadu não seria candidato foram compartilhadas nas redes sociais imagens de uma possível pré-campanha para Marcelo Borges.

Há dúvidas se Joaquim Passarinho apoiará a candidatura de Marcelo Borges, já que o prefeito não é o único nome apontado como pré-candidato do PSD. Renata Rocha, que era alinhada às ideias de Iavé e amiga, também deseja disputar o pleito. (da redação)

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar