Combate ao Covid-19DecretoRedenção

Justiça determina o fechamento das atividades não essenciais por 10 dias em Redenção

Segundo o MPPA, Redenção não dispõe de leitos de UTI para atender casos graves de Covid-19.

Em Redenção, no sul do Pará, a Justiça determinou que a prefeitura decrete lockdown neste mês de julho por, pelo menos, 10 dias. O município tem o prazo de 48 horas para cumprir a ordem judicial e fechar as atividades não essenciais, como medida de contenção ao novo coronavíus.

No final da tarde de quarta-feira (1), comerciantes fizeram carreata pelas ruas da cidade em protesto contra o fechamento do comércio. A prefeitura disse que não considera necessário o fechamento e que essa medida pode afetar ainda mais a economia do município, mas que vai cumprir a decisão.

A determinação foi uma resposta da Justiça a uma ação civil pública do Ministério Público do Estado (MPPA), que solicitou no dia 24 de junho o fechamento das atividades não essenciais. O MP argumentou que o endurecimento das medidas de isolamento em Redenção é necessário, já que a saúde pública do município pode entrar em colapso.

Segundo promotoria, Redenção não dispõe de leitos de UTI para atender casos graves de Covid-19.

(G1)

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar