Pau D´arco

PREFEITO DE PAU D’ARCO É INVESTIGADO POR FRAUDE EM LICITAÇÕES

 

 

No início da manhã desta quarta-feira (26), nos municípios de Pau D’Arco e Redenção, a Polícia Civil efetivou o cumprimento de mandados de busca e apreensão expedidos pelo Tribunal de Justiça do Estado do Pará. Foram alvos da busca: a casa do Prefeito de Pau D’arco, Fredson Pereira da Silva, a prefeitura, e a casa de Antônio José de Sá Rocha, empresário, na operação denominada “Simbiose”.  A investigação  aponta um suposto esquema de parceria entre o Prefeito do Município de Pau D’arco e o empresário Antônio José, os quais estariam fazendo uso de uma empresa “fantasma”,  Macapá Construção e Serviços, para vencer processos licitatórios de forma ilegal, que deveria prestar serviços de engenharia civil ao Município.

Nos anos de 2017 e 2018, a empresa em questão venceu 08 processos licitatórios em quantia  que soma quase 5 milhões. Indícios de que a empresa não possui estrutura alguma e é incapaz, tanto  patrimonialmente quanto tecnicamente, para vencer licitações estão sendo apurados, sendo  que a empresa  foi contratada para prestar serviços de engenharia civil ao Município.

Pouco tempo depois, o Prefeito Fredson Pereira da Silva postou em suas redes sociais um vídeo sobre o ocorrido afirmando que se tivessem lhe solicitado antes documentos que ele possa ter, já teria contribuído com a operação sem problema. “Dá pra entender que isso é perseguição política. (…) o que nós sempre fizemos, desde o início do nosso mandato, foi trabalhar”. Disse o prefeito de Pau D’ Arco.  Além disso, em nota oficial divulgada à imprensa, a assessoria da prefeitura Pau D’ Arco   afirma que   não houve nas licitações nenhum tipo de favorecimento, sejam elas quais forem.

A operação Simbiose seguirá o inquérito com a análise de possíveis provas apreendidas: documentos, mídias e dispositivos móveis, e deverá concluir, ao final, sobre crimes de fraude à licitação, peculato, associação criminosa, corrupção ativa e passiva.

(A redação)

 

Notícias relacionadas

2 Comentários

  1. Tem que acabar com esses mal gestores que só pensam em tirar proveito do dinheiro público, com empresas fabricada falsas, com o objetivo de roubar tem que banir esses mal políticos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar