MarabáParáTragédias

Caminhão carregado de biscoitos capota no Km 6

Caminhão baú capota e derrama grande quantidade de óleo na pista

Agentes da PRF e Corpo de Bombeiros atendem o caso. Foto: Josseli Carvalho

No fim da tarde desta quarta-feira, 5, por volta de 17 horas, um caminhão baú capotou e derramou grande quantidade de óleo na pista, causando engarrafamento no trânsito, em uma curva da Rodovia Transamazônica, próximo à rotatória do Km 6. O motorista, que ainda não foi identificado, sofreu ferimentos leves e foi imediatamente levado para o Hospital Municipal de Marabá (HMM).

Curiosos se reuniram para tentar entender o que aconteceu. Foto: Josseli Carvalho

A Reportagem do Portal Correio de Carajás esteve no local e apurou, com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que o motorista informou não saber o motivo do caminhão ter capotado. Realizando um levantamento no local, os agentes da PRF conferiram a nota de mercadoria e constataram que não havia excesso de peso na carga do caminhão baú.

O veículo pertence à empresa Comercial Tapajós e estava carregando caixas de biscoito. Uma viatura do 5º Grupamento do Corpo de Bombeiros foi acionada pela PRF, para limpar o óleo que estava derramado na pista.

 

Sargento Belém, do Corpo de Bombeiros, explica que óleo derramado poderia causar outros acidentes. Foto: Josseli Carvalho

Segundo o sargento Belém, do Corpo de Bombeiros, a prevenção do local é importante para evitar outros acidentes. “Uma grande quantidade de óleo foi derramada na via, então estamos jogando água para limpar a pista. Recomendamos que os demais motoristas desviem da rota sentido Km 6 para evitar transtornos. Mas a situação já está controlada”, explica o sargento Belém.

 

O trânsito ficou lento na rotatória do Km 6. Foto: Josseli Carvalho

Um aglomerado de curiosos se reuniu ao redor do caminhão baú para tentar entender o que aconteceu. Uma das teorias elaboradas por eles é que a mercadoria não estaria amarrada corretamente, o que pode ter causado, no momento da curva, um excesso apenas de um lado, fazendo com que o caminhão virasse.

 

(Zeus Bandeira e Josseli Carvalho)

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar