CidadesParáParauapebasRedençãoXinguara

Gasolina no Pará apresenta alta em janeiro mesmo após quedas anunciadas pela Petrobras

O Pará comercializou a terceira gasolina mais cara da região Norte e a 12ª mais cara do Brasil, aponta Dieese.

A gasolina comercializada em postos de combustíveis do Pará voltou a ficar mais cara no mês de janeiro, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioecônomicos (Dieese-Pa). A alta foi registrada mesmo após três quedas de preços anunciadas pela Petrobras.

Foto: divulgação

De acordo com o estudo do Dieese, realizado com base em dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP), o Pará comercializou em janeiro a terceira gasolina mais cara da região Norte e a 12ª mais cara do Brasil. O balanço identificou que a gasolina no estado foi comercializada no dezembro em média a R$ 4,66, com valor mínimo de R$ 4,09 e máximo R$ 5,50. Em janeiro, o preço médio foi de R$ 4,67, com menor preço registrado em R$ 4,09 e o maior a R$ 5,50.

Na capital paraense, o preço médio da gasolina em janeiro foi de R$ 4,56, com preços variando entre R$4,380 e R$4,799. No Pará, a cidade que registrou o preço da gasolina mais alto foi Parauapebas, com valor médio de R$5,195, seguido dos municípios de Redenção, Abaetetuba, Altamira, Conceição do Araguaia, Alenquer e Xinguara.

Em janeiro, a Petrobras reduziu o preço da gasolina em refinarias em mais de 7%, mas essa redução não chegou aos consumidores do Pará.

 

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar