Artigos

BRUNO GOMES E A APOTEOSE DO PRODÍGIO: Filho da UEPA que rompeu fronteiras

Por Delmiro Silva

Natural de Rondon do Pará – PA, Bruno Gomes iniciou vida acadêmica em Conceição do Araguaia – PA, cursando Licenciatura em Letras pela Universidade do Estado do Pará (UEPA). Hoje, mesmo muito jovem, agrega valores profissionais nunca vistos, o que muito orgulha a população paraense e conceicionense.

Chegada em Conceição do Araguaia e início da trajetória profissional

Bruno Gomes mudou-se para Conceição do Araguaia, interior do Estado do Pará, em fevereiro de 2008, para cursar Licenciatura em Letras, na UEPA. Destacou-se pela sua disciplina e facilidade em assimilar os conteúdos acadêmicos. Como aluno, inspirou colegas, embora sempre tenha rejeitado o rótulo de “menino inteligente”. Ao se recordar dessa época, Denise Cardoso, sua então professora, afirma: “Eu sempre soube do esforço, do foco, da fé e da determinação do Bruno. Nunca tive dúvidas de que aquele menino alcançaria o sucesso”.

De origem humilde, driblou as muitas dificuldades que apareceram, sendo, também, exemplo de superação. Isso, mais tarde, se tornaria assunto em uma entrevista concedida ao Professor Damione Damito, do Instituto Federal de São Paulo (IFSP), na capital paulista, em 2018. Para Damito: “a entrevista do Bruno, em que ele relatou sua história de vida, foi incrível, algo avassalador. Por meses, recebi e-mails de pessoas chorando, dizendo que se identificaram com a trajetória dele”.

Mas foi em 2012 que Bruno Gomes iniciou sua vida profissional na educação superior. Recém-formado, o jovem iniciou sua trajetória como Professor Substituto da UEPA de Conceição do Araguaia e, a partir disso, não parou mais.

A princípio, ele resistiu à possibilidade de integrar-se ao magistério superior. Porém, foi convencido pelas professoras Élida Elena Moreira, então Coordenadora do Campus VII, Denise Cardoso, sua ex-orientadora de graduação, e Shirley Veloso, então Assessora Pedagógica. “Eu não desejava seguir carreira acadêmica. Queria voltar para minha cidade natal e ficar por lá. Essas 3 pessoas foram minhas madrinhas e acreditaram em mim num momento em que ninguém acreditou. Gratidão eterna a elas”, desabafou Bruno Gomes.

 

Currículo Invejável

 

Bruno Gomes é Graduado em Letras, Especialista em Linguística Aplicada, Mestre e Doutor em Ensino de Língua e Literatura (Estudos Linguísticos). Investiga processos de constituição e representação da escrita acadêmica convencional e reflexiva em cursos de bacharelado e licenciatura. Atua nas áreas de Análise Linguística em interface com os Estudos do Letramento Acadêmico pelo viés da Linguística Aplicada (LA). Além de artigos científicos publicados em Português, Inglês, Espanhol, Italiano e Francês. É membro de Conselhos Científicos de revistas acadêmicas no Brasil e no mundo. Tem interesse em pesquisas sobre Linguística Sistêmico-Funcional (LSF), Linguística Textual (LT), Análise Crítica do Discurso (ACD) e Metodologias Ativas (MA). É Membro da Associação Latino-Americana de Linguística Sistêmico- Funcional (ALSFAL) e da Academia de Letras de Rondon do Pará e Região (ALERPRE). Tem 33 livros publicados sobre ensino de língua materna, discurso midiático e formação de professores. Possui centenas de artigos acadêmicos publicados em todas as Américas, parte da Europa e da Ásia em 5 diferentes idiomas. Isso lhe garante projeção acadêmica em dezenas de países, algo nunca visto por um pesquisador nacional tão jovem e em tão pouco tempo. E o melhor, leva consigo o nome de Conceição do Araguaia.

 

Atuação no Mercado Editorial em 2020

 

Em 2018, o jovem pesquisador decidiu dar um tempo do mercado editorial, até que encontrasse um projeto que lhe despertasse paixão pela proposta: “Vou dar um tempo até encontrar algo que me encante por completo” afirmou na ocasião.

Em 2020, decidiu escrever o seu primeiro livro de literatura infantil, chamado O Mago Betuxo e a Bolha de Sabão, a convite do pediatra Paulo Roberto Lima, que assinou a coautoria do projeto. Bruno Gomes se encantou pela possibilidade de ajudar crianças carentes de um hospital de Palmas (TO): “Fazer uma escrita lúdica e terapêutica em benefício das crianças doentes foi a minha principal motivação” comemorou o prodígio visivelmente emocionado.

Para Paulo Roberto Lima, trabalhar com Bruno Gomes foi a realização de um sonho, pois se diz um grande fã do pesquisador, de quem também é amigo. “Foi um enorme prazer. Admiro imensamente o Bruno pela sua dedicação. Sou fã de carteirinha”, comemorou o médico.

Após isso, ele voltou a se dedicar à escrita científica e escreveu/organizou 2 obras: Interdisciplinaridade no Âmbito Educacional, com as pesquisadoras Dra Marina Ariente Angelocci e Ma. Maria José Rebecca Busnardo, ambas do Estado de São Paulo, e Entremeios na Investigação Acadêmica, com a Profa. Mestranda Jéssica Bruna Menezes da Silva.

Em Interdisciplinaridade no Âmbito Educacional, Bruno Gomes, juntamente com as demais organizadoras, fizeram um mapeamento sobre as práticas educacionais de uma era pós-moderna, em meio ao caos da pandemia do Covid-19. Com 9 capítulos, escritos por pesquisadores de distintas áreas, a obra evidencia a necessidade de nos adequarmos aos novos tempos sociais refletidos na sala de aula.

Angelocci destaca a eficiência de Bruno Gomes como pesquisador e afirma: “sempre tive interesse em organizar um livro acadêmico. Conheci o professor Bruno e, em uma conversa, decidimos organizar nosso primeiro livro. Foi uma experiência enriquecedora”.

Para Busnardo, a experiência de organizar o livro com Bruno Gomes foi tão satisfatória, que já pensam em alguns desdobramentos. “O resultado foi tão satisfatório que estamos organizando o próximo livro na área de Direito e pensando em outros na área da Educação”, antecipou a pesquisadora.

Em Entremeios na Investigação Acadêmica, os organizadores procuraram estabelecer uma relação entre educação e saúde, ao entenderem que não é impossível separar esses dois eixos. Com 8 capítulos, o livro se mostra contemporâneo e traz anseios pouco discutidos na realidade do século XXI. Sobre a experiência de trabalhar com Bruno Gomes, Menezes da Silva se mostra feliz com a oportunidade. “Conheço o Bruno há muitos anos. Estudamos juntos. Foi uma felicidade organizar meu primeiro livro com ele. Aprendi muito”, comemora.

No mercado editorial, Bruno Gomes mantém uma parceria de anos com a editora mineira VirtualBooks, com a qual mantém uma relação de prestígio e respeito. Bem-conceituada no contexto mineiro, a referida editora acumula vários títulos importantes à cultura do país. “Sentimos privilegiados em fazer parte das publicações do Bruno e da sua colaboração social com o uso de seus livros. Ao logo desses anos, entre nós, eu como editor e ele como autor, solidificou-se forte amizade entre nós. Sou honrado em participar da sua aventura literária. Ele é um ser humano encantador”, assevera Jaime Mendonça, editor-chefe.

 

Ele invade países e continentes: O prodígio conquista o Brasil e o mundo

Suas primeiras experiências no exterior foram no Chile e na Argentina com publicações em Espanhol. Entretanto, rapidamente, foi se tornando uma expressão internacional.

Em 2019, foi o único latino a figurar na lista dos Maiores Pesquisadores Emergentes do Mundo, na área em que atua, segundo o grupo de pesquisa Science Publishing, nos Estados Unidos. A partir disso, integrou ao Conselho Científico dos periódicos de New York International Journal of Literature and Arts, Communication and Linguistics Studies, International Journal of Applied Linguistics and Translation, Teacher Education and Curriculum Studies, Arabic Language, Literature and Culture e International Journal of Language and Applied Linguistics, no período 2020/2022. Estas revistas são altamente qualificadas nos Estados Unidos.

Em 2020, publicou textos de grande alcance internacional. Assinou a autoria dos trabalhos: Dialogisme Bakhtinien en Confluence Avec La Sociopragmatique Danoise Perspectives en Langue Appliquée, em Francês, veiculado a periódicos em Paris; Analisi del Discorso sui media e delle voci sociali: Costruzione linguistica e ideologica dei fenomeni di massa in Brasile, em Italiano, publicado nos Estados Unidos para docentes italianos que desenvolvem pesquisas em solo estadunidense; e Relocalization of Reflective Academic Writing from the Look of Applied Language: Representations of Pedagogical Practice in a Licensing in Letters in North of Brazil, em Inglês, publicado em Dubai e na Índia, em uma das mais importantes revistas multidisciplinares do continente asiático.

Para Alexandre de Lima, jornalista correspondente luso-brasileiro, residente em Lisboa, as contribuições internacionais de Bruno Gomes representam um avanço da pesquisa brasileira, ao mesmo tempo em que assegura a projeção e o fortalecimento do Brasil no exterior: “Ele coopera cientificamente de maneira expressiva. Um ato prodígio. Somando na garantia da qualidade de um melhor ensino”, endossou o mediador sociocultural de Portugal.

No Brasil, em 2020, Bruno Gomes foi vencedor em 3 categorias do prêmio RankBrasil, o maior do Brasil e um dos maiores do mundo. Nesse ano, o prodígio comemorou o hexacampeonato, já que, ao todo, levou a estatueta para casa 6 vezes. Ele já arrematou troféus nas categorias Mais Jovem Doutor em Estudos Linguísticos (2020), Mais Rápida Formação em Doutorado em Letras (2020), Maior Número de Artigos Científicos Publicados em uma mesma Revista Acadêmica (2020), Maior Número de Publicações em Revistas Acadêmicas (2018), Maior Número de Participação em Bancas Examinadoras (2016) e Mais Jovem Professor Universitário (2016), sendo o brasileiro que mais saiu vitorioso no RankBrasil. “Ganhar o RankBrasil é como ganhar o Oscar”, comemora.

Para encerrar 2020, foi agraciado com o troféu LIPE Reading de Incentivo à Leitura, concedido pelo “Instituto LIPE Idiomas”, instituição tocantinense de ensino de línguas estrangeiras e psicanálise. O prêmio extraordinário foi entregue por Gutemberg Raposo, diretor da instituição, em forma de homenagem pelo livro O Mago Betuxo e a Bolha de Sabão. Para Raposo, entregar o prêmio ao pesquisador foi uma alegria imensa. “Pelo caráter social da proposta da obra e pela trajetória bem-sucedida de quase duas décadas dedicadas à educação, tivemos a honra de conceder ao Dr. Bruno Gomes esse prêmio mais que merecido” justificou.

 

Planos para o Futuro: Representando o Norte do Brasil no Exterior

 

Com um aceite para participar de um evento mundial de linguagens nos Estados Unidos, Bruno Gomes se prepara para lançar em Harvard, em parceria com Princeton, seu livro Textos, Gêneros e Discursos, uma releitura de sua obra homônima lançada em 2016.

Prepara, ainda, a tradução para o espanhol da obra O X da Questão, em que analisa os fenômenos de massa recriados pela televisão brasileira, com foco na figura midiática de Xuxa Meneghel. A obra se fundamenta na Análise do Discurso, na Linguística Aplicada e na Linguística Sistêmico-Funcional. A proposta é que o lançamento ocorra em Buenos Aires (Argentina), Santiago (Chile), Montevidéu (Uruguai) e Assunção (Paraguai).

Há também o convite para que Bruno Gomes integre à Academia Tocantinense de Letras, em 2021, em forma de retribuição ao que representa à educação superior do Estado do Tocantins. A indicação é do escritor, médico e apresentador da Rede Bandeirantes de Televisão, Nelson Ferreira. “O Bruno é um caso único de sucesso no mundo acadêmico brasileiro. Impressionante sua força na ciência e na comunicação ainda tão jovem”, pontua Ferreira.

Paralelamente a isso, Bruno Gomes estuda a possiblidade de ver sua vida sendo contada no campo das artes. Há um projeto audiovisual e teatral em andamento, idealizado pelo ator e diretor Ubiratan Vieira, profissional das artes da capital do Estado de São Paulo. Vieira demonstrou interesse em contar a história do prodígio em alguma plataforma virtual e também nos palcos. Por enquanto, não se pode dar muitos detalhes, mas Vieira adianta: “Fiquei em dúvida se ele é o menino prodígio, biônico ou algo assim. Talvez não tenha a palavra certa para tamanho gabarito. Tenho certeza de que sua vida dará um lindo espetáculo”.

O ator e diretor paulista não esconde sua admiração por Bruno Gomes. “Esse menino é incrível! Uma honra estar ao lado dele uma vez. Ele é referência no Brasil e no mundo, quando se trata do universo acadêmico”, completou Vieira.

 

Amor às Raízes

 

Bruno Gomes nunca deixou de ter os mesmos ares de menino inocente que tinha, quando chegou a Conceição do Araguaia. Humildade, generosidade e humanidade são características que parecem se renovar a cada ano que se passa. Para o professor Jerônimo Dantas, “Bruno é o mesmo que conheci, há anos, quando trabalhamos em muitos cursinhos em Conceição do Araguaia”. A docente Denise Cardoso sente-se orgulhosa de Bruno Gomes, pois, segundo ela, em todos esses anos, “ele nunca abdicou, nem por um segundo, das suas convicções, dos seus valores e das suas raízes”. O mesmo é dito pela docente Shirley Veloso, que assegura que Bruno Gomes “jamais perdeu sua essência, sua integridade e sua humildade”

A UEPA, o município de Conceição do Araguaia, o Estado do Pará, a Região Norte e o Brasil se orgulham muito do profissional e do ser humano “Bruno Gomes”. Gente nossa! Gente da terra!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo